Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Para mais tarde...

Blogadinha, em 24.10.13

 

Blogadinha: – Sacana do puto, é mesmo giro!

Criaturinha: – Os pais também não são feios.

 

 

Há um lado perverso na nossa existência que nos antecede a memória da mesma. 

Batizandos, assisto-os sempre de galeria qual espetáculo numa assembleia pueril:

 

o bebé azul que ampara a água benta derramada, com as duas mãos;

o bebé laranja que aproveita cada gotinha para matar ali a sua sede;

o bebé rosa que leva a cerimónia em baba e charme aos convidados;

o bebé vermelho que dá corpo involuntário à unção do óleo batismal.

 

[Uns verdade adaptada, outros pura adaptação à realidade. Memórias.]

 

 

À posteridade e a quem interessar, um exercício mental ao qual nunca obtenho resposta:

 

Quão longe no tempo de vida regride a memória?

Qual a primeira recordação da vossa existência?

 

 

Também eu fui careca e de rabona ao meu batismo, dizem. E giraça (sim, digo eu)!

E que finalmente arregalei o olho ao padre acordei quando levei com a água benta. 

Para a memória eternizo o argumento: aquela cena do incenso devia estar marada.

--

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:


Comentários

De Lynce a 27.10.2013 às 13:55

É o teu filho, loiraça boa?
:)))

Adenda:
Obrigado, obrigado mesmo! A coisa, ficou lindíssima!

De Blogadinha a 29.10.2013 às 18:59

A Kate chegou primeiro.

De Lynce a 29.10.2013 às 19:41

Quem será a madrinha?

Comentar post



Impressão digital


cada qual no seu quadrado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Impressão digital 2


VER TOPO DA BARRA LATERAL!