Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



não me deixam viver

Blogadinha, em 07.01.14

 

 

Não negue à partida a ressaca, o fartamento, afogar o ganso e ter um filho.

Ah, e uma ciência que desconhece (é perguntar à senhora Alcina Lameiras)!

 

 

À memória de 2014...

 

De l'amour: casei-me em 31 de Julho, como manda o Quim.

No amor, uma maçã por dia e um sapo na primavera – quanto maior a resistência mais forte o desejo!

"alguém que sabe muito bem o que quer, com confiança e atitude, irá reconhecê-lo automaticamente." 

 

Finanças: saí na Forbes (e o emplastro também)!

Responsabilidade. Verticalidade. Maturidade. Mudança. Desafios. Oportunidades. 

Formiga rumo ao inesperado no primeiro semestre, cigarra para todo o segundo.  

 

Saúdinha: descobri a palavra arroba. O coração também. Sobrevivi.

Andar a pé é libertador para os físico e psicológico (às cavalitas sabe Deus e o cavalo).

Nada de químicos, nada de álcool. Sexo à vontadinha... de experimentar coisas novas.

 

 

"Todos os momentos terão de ser vividos intensamente e no momento certo." Certo?

"Crie a sua realidade, tudo é possível." Reticências e sorriso. Bom ano, Blogadinhos!

--

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:


Comentários

De André Jesus a 08.01.2014 às 19:42

Há previsões que são mais do que desejos! agarra-te a tudo isso. O bom e o mal constroiem-nos.
Gostei!

De Blogadinha a 24.01.2014 às 18:16

Acreditar e fazer 'aquela forcinha' por isso: literalmente.

Comentar post



Impressão digital


cada qual no seu quadrado


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Impressão digital 2


VER TOPO DA BARRA LATERAL!